Softway - Soluções e Software para Comércio Exterior

INTEGRAÇÃO ERP

 

“THE BEST-RUN FOREIGN TRADE BUSINESS RUN SAP AND Softway”
SOLUÇÃO COMPLEMENTAR EM COMÉRCIO EXTERIOR

 

 

 

A Softway possui a melhor solução para complementar o SAP na área de Comércio Exterior. São sistemas de gerenciamento de Importação, Exportação, Operações de Câmbio, bem como de controle de Regimes Aduaneiros Especiais (RECOF, Linha Azul, REPETRO, Drawback, Entrepostos Aduaneiros Industriais, Entrepostos Alfandegados ou Afiançados, PEXPAM- Manaus, DE, DCR e DCI), todos integrados ao ERP da SAP.

 

 

Quadro Oracle

A comunicação entre as soluções Softway e o SAP é realizada através de componentes Java executando funções RFC e BAPI's, o que permite uma transferência direta de dados, sem a necessidade da geração de arquivos intermediários. Os mecanismos de comunicação respeitam os padrões de comunicação recomendados pela SAP, ou seja, toda a extração de dados do ERP é realizada através da execução de RFC's que selecionam os dados diretamente das tabelas “standard” SAP. Para o retorno de informações, as soluções da Softway executam BAPI's, o que garante que os dados sofrerão todos os tratamentos necessários para serem depositados de forma íntegra dentro do ERP. Com base na estratégia de utilização do Netweaver, a Softway já possui processos de integração entre as suas soluções e a SAP utilizando o componente PI.

 

Atualmente, o sucesso desta integração já pode ser observado em diversos clientes que optaram por utilizar as soluções da Softway complementando o SAP em suas diversas versões, incluindo a versão 6.0, tais como: Ajinomoto, Alcatel-Lucent, Behr, Bosch, Continental, Cosan, Danfoss, Diageo, Duratex/Itautec, ELEB, Embraer, Ericsson, FMC Química, GM, John Deere, Kodak, Nissan, Novo Nordisk, Peugeot-Citroen, Philips Medical, Renault, Sabó, Sadia, Samarco, Samsung, 3 corações, Sara Lee, Siemens, Smart, Valeo, Voith, Volkswagen, Volvo e Wobben Windpower.

 

Sem dúvida, a QUALIDADE, a INOVAÇÃO e o COMPROMETIMENTO da Softway são as chaves para o sucesso desta integração, que tem como principal objetivo, oferecer uma solução completa que atenda o cliente em todas as suas necessidades.

 

 

DETALHES DA INTEGRAÇÃO

 

DADOS MESTRES


Os dados mestres presentes no SAP são transferidos para a solução Softway, garantindo uma total integração entre as soluções. Deste modo, são obtidos do SAP: materiais, fornecedores, clientes, condições de pagamento, unidades de medida, países, moeda e contas contábeis.

IMPORTAÇÃO


Os processos de importação na Softway tem como dados iniciais os contratos e pedidos de compras registrados no SAP. É com base nestes contratos/ pedidos que no Import Sys/ Broker Sys as faturas são geradas, obtidas via EDI ou do ERP, são criados os conhecimentos de transporte internacionais e os processos de importação, são efetuados os registros de Licenças (LIs) e Declarações (DIs) de Importação no Siscomex, as Notas Fiscais de Entrada de Mercadorias e Complementares são emitidas e os controles do pagamento dos fornecedores em moeda estrangeira através de Operações Cambiais são realizados. Sendo assim, são obtidos dos módulos do SAP:

 

MM: Programas de remessa/pedidos de compra e faturas de fornecedores;

SD: Ordens de Retorno/Faturas E são retornados para os módulos:

MM: Faturas de fornecedores, prestadores de serviço, registro de faturas e contabilizações de despesas (agregando ou não o custo dos materiais), atualizações de confirmações/remessas de pedidos de compra, registro de entrada de mercadorias;

SD: Notas fiscais de entrada e complementares, criação/atualização de “inbound deliveries”;

FI: Informações do pagamento de títulos de fornecedores, variações cambiais, contabilização de impostos/multas/juros adiantamentos a fornecedores e prestadores de serviço, solicitações de pagamento antecipado.

 

 

EXPORTAÇÃO


Os processos de exportação na Softway são baseados nos pedidos de venda e nas remessas de mercadorias cadastradas no SAP. Com base nos pedidos e nas remessas (que são traduzidas para processos de exportação no Export Sys), são emitidas faturas comerciais, certificados de origem, são transmitidos os Registros (REs), Declarações de Despacho (DDEs), Declarações Simplificadas (DSE) de Exportação para o Siscomex, são enviadas solicitações de emissão de Notas Fiscais para o SAP, bem como é feito o controle do recebimento de títulos em moeda estrangeira dos clientes através de Operações Cambiais. Deste modo, são obtidos dos módulos do SAP:

 

SD: Pedidos de venda, remessas, dados de embalagens e Notas Fiscais de saída. E são enviados para o SAP:

FI: Informações do recebimento de títulos dos clientes, bem como contabilização de despesas e variações cambiais e consolidação de vários documentos de faturamento em um único título de contas a receber, solicitações de pagamento antecipado; • MM: Faturas de fornecedores / prestadores de serviço.

SD: Atualizações de pedidos de vendas e remessas em caso de utilização de Regimes Especiais.

 

 

REGIMES ADUANEIROS ESPECIAIS (RECOF, Drawback, Pexpam, DCR/DCI, DE e Entrepostos Aduaneiros Industriais)

 

Os Regimes Aduaneiros Especiais funcionam como conciliadores das informações de inventário,produção, fiscais e contábeis que ocorrem dentro do SAP, provendo para a Receita Federal e demais órgãos do governo os dados exigidos para que as empresas continuem usufruindo os benefícios fiscais e logísticos concedidos por estes regimes, além de realizar os controles operacionais para a operação dos mesmos. São obtidos dados dos seguintes módulos do SAP:

 

PP: Árvore de engenharia (BOM “bill of materials”), dados de ordens de produção e dados de “forecast” para exportações;

MM: Transações de inventário e dados de almoxarifados;

SD: Notas Fiscais de Entrada, Saída e Remessas/Transferências.